Quinta-feira, Julho 18, 2024

GNR detém mais de 350 pessoas no espaço de (apenas) 6 dias

As operações “visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional”.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou várias operações em todo o território nacional, entre os dias 10 e 16 de maio, resultando em mais de 350 detidos e mais 5.500 infrações detetadas. 

As operações, frisa a GNR em comunicado, “visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional”.

Assim, registaram-se 356 detidos em flagrante delito, destacando-se 124 por condução sob o efeito do álcool; 87 por condução sem habilitação legal; 22 por tráfico de estupefacientes; 24 por furto e roubo; 20 por violência doméstica; sete por posse ilegal de armas e arma proibida e um por incêndio florestal.
 
Foram também apreendidas 3.213,95 doses de cocaína; 1.861,9 doses de MDMA 1.198,76 doses de haxixe; 133,1 doses de heroína; 79,008 doses de liamba; 561 munições de diversos calibres; 25 veículos; 17 armas de fogo; 12 armas brancas ou proibidas e 5.112,32 euros em numerário.
 

Por fim, em fiscalização ao trânsito, foram detetadas 5.663 infrações, destacando-se: 848 excessos de velocidade; 636 por falta de inspeção periódica obrigatória; 325 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução; 319 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei; 305 relacionadas com tacógrafos; 292 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização; 210 por falta de seguro de responsabilidade civil e 178 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

- pub -

GNR detém mais de 350 pessoas no espaço de (apenas) 6 dias

As operações “visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional”.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou várias operações em todo o território nacional, entre os dias 10 e 16 de maio, resultando em mais de 350 detidos e mais 5.500 infrações detetadas. 

As operações, frisa a GNR em comunicado, “visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional”.

Assim, registaram-se 356 detidos em flagrante delito, destacando-se 124 por condução sob o efeito do álcool; 87 por condução sem habilitação legal; 22 por tráfico de estupefacientes; 24 por furto e roubo; 20 por violência doméstica; sete por posse ilegal de armas e arma proibida e um por incêndio florestal.
 
Foram também apreendidas 3.213,95 doses de cocaína; 1.861,9 doses de MDMA 1.198,76 doses de haxixe; 133,1 doses de heroína; 79,008 doses de liamba; 561 munições de diversos calibres; 25 veículos; 17 armas de fogo; 12 armas brancas ou proibidas e 5.112,32 euros em numerário.
 

Por fim, em fiscalização ao trânsito, foram detetadas 5.663 infrações, destacando-se: 848 excessos de velocidade; 636 por falta de inspeção periódica obrigatória; 325 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução; 319 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei; 305 relacionadas com tacógrafos; 292 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização; 210 por falta de seguro de responsabilidade civil e 178 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -