Quinta-feira, Julho 18, 2024

A Cariense Ana Caramelo Triunfa Sobre Inna Abaidullina por Milímetros

A elite Ana Caramelo, da Matos Mobility/Flexaco Cycling Team, venceu por uma margem estreitíssima a sua colega de equipa e melhor sub-23, Inna Abaidullina, na quarta prova da Taça de Portugal Feminina, realizada este domingo em Albergaria-a-Velha.

A corrida começou com um ataque precoce de Inna Abaidullina, que, logo nos primeiros 15 quilómetros, se destacou do pelotão e pedalou sozinha durante grande parte da prova. Foi apenas ao quilómetro 51 que Ana Caramelo iniciou a sua perseguição, unindo-se à jovem russa na frente da corrida.

Formado o duo de fuga, a disputa pelo primeiro lugar manteve-se acesa até aos metros finais dos 83,4 quilómetros. Após uma chegada renhida, a decisão sobre a vencedora teve de ser feita ao milímetro. No fim, Ana Caramelo foi declarada vencedora, embora com o mesmo tempo que Inna Abaidullina. Um grupo de oito corredoras – cinco sub-23 e três de elite – cruzou a meta 2m58s depois.

Com apenas uma prova restante para o final da Taça, Ana Caramelo lidera a classificação de elite com 112 pontos, sete a mais que a sua colega Kateryna Velychko. Inna Abaidullina domina a categoria sub-23 com 135 pontos, 15 a mais que a argentina Julieta Benedetti, da Maiatos.

Nas juniores, que percorreram 64,9 quilómetros, a vitória foi para a ucraniana Valeria Ponomarenko, também da Matos Mobility/Flexaco Cycling Team, que venceu ao sprint com dois segundos de vantagem. A geral júnior é liderada por Bruna Gonçalves, da Cantanhede Cycling/VESAM, empatada com Raquel Dias, do Tavira/Extremsul/SC Farense, ambas com 95 pontos, e seguidas de perto por Daniela Simão, da Academia Efapel de Ciclismo.

Na corrida de cadetes, Maria Coimbra, dos Maiatos, destacou-se ao vencer isoladamente, garantindo antecipadamente o título da Taça de Portugal na categoria sub-17.

Marilyne Marques, da Korpo Activo/Penacova, venceu entre as masters 30, mas Karina Sousa, do CDASJ/Cyclin’Team/Município de Albufeira, já assegurou a vitória geral na categoria. Entre as master 40, Ana Neves, da Bike & Nutrition Shop, foi a mais forte e assumiu a liderança. Rosa Marques, da Academia de Ciclismo do Alto Minho, venceu em Albergaria-a-Velha e selou o título na sua categoria. Leontina Palhas, da Vertentability Cycling Team, sendo a única master 60 em competição, garantiu naturalmente o troféu.

A equipa da casa, Matos Mobility/Flexaco Cycling Team, destacou-se como a melhor do dia, assumindo a liderança da classificação coletiva, com cinco pontos de vantagem sobre os Maiatos. A final da Taça de Portugal Feminina está marcada para 2 de junho, na cidade da Maia, onde os Maiatos receberão a última prova.

- pub -

A Cariense Ana Caramelo Triunfa Sobre Inna Abaidullina por Milímetros

A elite Ana Caramelo, da Matos Mobility/Flexaco Cycling Team, venceu por uma margem estreitíssima a sua colega de equipa e melhor sub-23, Inna Abaidullina, na quarta prova da Taça de Portugal Feminina, realizada este domingo em Albergaria-a-Velha.

A corrida começou com um ataque precoce de Inna Abaidullina, que, logo nos primeiros 15 quilómetros, se destacou do pelotão e pedalou sozinha durante grande parte da prova. Foi apenas ao quilómetro 51 que Ana Caramelo iniciou a sua perseguição, unindo-se à jovem russa na frente da corrida.

Formado o duo de fuga, a disputa pelo primeiro lugar manteve-se acesa até aos metros finais dos 83,4 quilómetros. Após uma chegada renhida, a decisão sobre a vencedora teve de ser feita ao milímetro. No fim, Ana Caramelo foi declarada vencedora, embora com o mesmo tempo que Inna Abaidullina. Um grupo de oito corredoras – cinco sub-23 e três de elite – cruzou a meta 2m58s depois.

Com apenas uma prova restante para o final da Taça, Ana Caramelo lidera a classificação de elite com 112 pontos, sete a mais que a sua colega Kateryna Velychko. Inna Abaidullina domina a categoria sub-23 com 135 pontos, 15 a mais que a argentina Julieta Benedetti, da Maiatos.

Nas juniores, que percorreram 64,9 quilómetros, a vitória foi para a ucraniana Valeria Ponomarenko, também da Matos Mobility/Flexaco Cycling Team, que venceu ao sprint com dois segundos de vantagem. A geral júnior é liderada por Bruna Gonçalves, da Cantanhede Cycling/VESAM, empatada com Raquel Dias, do Tavira/Extremsul/SC Farense, ambas com 95 pontos, e seguidas de perto por Daniela Simão, da Academia Efapel de Ciclismo.

Na corrida de cadetes, Maria Coimbra, dos Maiatos, destacou-se ao vencer isoladamente, garantindo antecipadamente o título da Taça de Portugal na categoria sub-17.

Marilyne Marques, da Korpo Activo/Penacova, venceu entre as masters 30, mas Karina Sousa, do CDASJ/Cyclin’Team/Município de Albufeira, já assegurou a vitória geral na categoria. Entre as master 40, Ana Neves, da Bike & Nutrition Shop, foi a mais forte e assumiu a liderança. Rosa Marques, da Academia de Ciclismo do Alto Minho, venceu em Albergaria-a-Velha e selou o título na sua categoria. Leontina Palhas, da Vertentability Cycling Team, sendo a única master 60 em competição, garantiu naturalmente o troféu.

A equipa da casa, Matos Mobility/Flexaco Cycling Team, destacou-se como a melhor do dia, assumindo a liderança da classificação coletiva, com cinco pontos de vantagem sobre os Maiatos. A final da Taça de Portugal Feminina está marcada para 2 de junho, na cidade da Maia, onde os Maiatos receberão a última prova.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -