Quinta-feira, Julho 11, 2024

Viseu: Encerramento Noturno das Urgências Pediátricas a Partir de Junho

A partir de 1 de junho, as urgências pediátricas da Unidade Local de Saúde Viseu Dão Lafões (ULSVDL) estarão encerradas ao público durante o período noturno, das 20h00 às 09h00. A administração hospitalar, liderada por Nuno Duarte, comunicou hoje esta decisão que visa otimizar a disponibilidade dos pediatras durante o verão, garantindo simultaneamente o direito dos profissionais a usufruírem das suas férias.

Segundo a ULSVDL, a limitação do horário de funcionamento das urgências pediátricas é necessária para assegurar a continuidade do apoio à Urgência Interna e ao Bloco de Partos, prevenindo a ocorrência de ruturas assistenciais em cadeia. Esta decisão surge num contexto em que a urgência pediátrica já estava condicionada, desde março, ao período noturno entre quinta-feira e domingo devido à escassez de recursos humanos, situação que se agravou com a recente saída de dois médicos.

Apesar da contratação de pediatras em regime de prestação de serviços para reforçar os turnos de urgência, a saída dos dois internos que concluíram a especialidade, aliada ao atraso na abertura do concurso nacional para médicos recém-especialistas, tornou-se insustentável manter a resposta da Urgência Pediátrica durante a noite. Atualmente, apenas 15 especialistas estão a realizar trabalho de urgência, com muitos atingindo o limite legal de horas suplementares durante o verão.

Para mitigar os efeitos desta restrição, a administração da ULSVDL anunciou um reforço dos cuidados de saúde primários, com as unidades de saúde familiar (USF) de Viseu a aumentar a sua capacidade de atendimento a doentes pediátricos agudos através de consultas abertas e de intersubstituição, garantindo mais vagas durante os cinco dias úteis da semana.

Além disso, as SUB de Tondela e São Pedro do Sul estão preparadas para atender crianças, e a rede de hospitais do SNS em Coimbra, Aveiro e Guarda estará disponível para atendimentos referenciados após contacto com o SNS 24 e o INEM.

O Plano de Contingência que entra em vigor no início de junho estabelece que, durante o período noturno, os utentes devem contactar o SNS 24 (808 24 24 24) para orientação antes de se dirigirem aos serviços de saúde. Em situações de emergência, o INEM (112) deve ser contactado, sendo o CODU responsável pela orientação dos doentes urgentes.

Apesar das restrições noturnas, a ULSVDL assegura que uma equipa de pediatria estará disponível para garantir a Urgência Interna, atendendo crianças internadas ou em tratamento no serviço de urgência admitidas antes das 20h00, e para manter o funcionamento normal do Bloco de Partos e da Neonatologia todos os dias da semana. A resposta a emergências médicas pediátricas com risco imediato de vida também está garantida na Sala de Emergência da Urgência Pediátrica, mesmo durante os períodos de encerramento.

- pub -

Viseu: Encerramento Noturno das Urgências Pediátricas a Partir de Junho

A partir de 1 de junho, as urgências pediátricas da Unidade Local de Saúde Viseu Dão Lafões (ULSVDL) estarão encerradas ao público durante o período noturno, das 20h00 às 09h00. A administração hospitalar, liderada por Nuno Duarte, comunicou hoje esta decisão que visa otimizar a disponibilidade dos pediatras durante o verão, garantindo simultaneamente o direito dos profissionais a usufruírem das suas férias.

Segundo a ULSVDL, a limitação do horário de funcionamento das urgências pediátricas é necessária para assegurar a continuidade do apoio à Urgência Interna e ao Bloco de Partos, prevenindo a ocorrência de ruturas assistenciais em cadeia. Esta decisão surge num contexto em que a urgência pediátrica já estava condicionada, desde março, ao período noturno entre quinta-feira e domingo devido à escassez de recursos humanos, situação que se agravou com a recente saída de dois médicos.

Apesar da contratação de pediatras em regime de prestação de serviços para reforçar os turnos de urgência, a saída dos dois internos que concluíram a especialidade, aliada ao atraso na abertura do concurso nacional para médicos recém-especialistas, tornou-se insustentável manter a resposta da Urgência Pediátrica durante a noite. Atualmente, apenas 15 especialistas estão a realizar trabalho de urgência, com muitos atingindo o limite legal de horas suplementares durante o verão.

Para mitigar os efeitos desta restrição, a administração da ULSVDL anunciou um reforço dos cuidados de saúde primários, com as unidades de saúde familiar (USF) de Viseu a aumentar a sua capacidade de atendimento a doentes pediátricos agudos através de consultas abertas e de intersubstituição, garantindo mais vagas durante os cinco dias úteis da semana.

Além disso, as SUB de Tondela e São Pedro do Sul estão preparadas para atender crianças, e a rede de hospitais do SNS em Coimbra, Aveiro e Guarda estará disponível para atendimentos referenciados após contacto com o SNS 24 e o INEM.

O Plano de Contingência que entra em vigor no início de junho estabelece que, durante o período noturno, os utentes devem contactar o SNS 24 (808 24 24 24) para orientação antes de se dirigirem aos serviços de saúde. Em situações de emergência, o INEM (112) deve ser contactado, sendo o CODU responsável pela orientação dos doentes urgentes.

Apesar das restrições noturnas, a ULSVDL assegura que uma equipa de pediatria estará disponível para garantir a Urgência Interna, atendendo crianças internadas ou em tratamento no serviço de urgência admitidas antes das 20h00, e para manter o funcionamento normal do Bloco de Partos e da Neonatologia todos os dias da semana. A resposta a emergências médicas pediátricas com risco imediato de vida também está garantida na Sala de Emergência da Urgência Pediátrica, mesmo durante os períodos de encerramento.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -