Quinta-feira, Julho 18, 2024

Modernização da Unidade de Endoscopia da ULS da Cova da Beira Avança com Apoio dos Municípios

A Unidade de Endoscopia da Unidade Local de Saúde (ULS) da Cova da Beira está prestes a ser modernizada graças a um investimento significativo de 215 mil euros, financiado pelos três municípios da área de intervenção. A Câmara da Covilhã contribui com 99 mil euros, enquanto os restantes fundos são divididos entre os municípios do Fundão e de Belmonte.

Esta iniciativa foi anunciada pelo presidente do município da Covilhã, Vítor Pereira, durante a sessão pública do executivo realizada na quinta-feira, dia 16 de maio. O autarca destacou a importância deste investimento, sublinhando que ele é crucial para apoiar a saúde dos cidadãos e fortalecer uma estrutura vital para a região.

“O projeto vai ser candidatado e, se avançar como esperamos, visa expandir a capacidade de atendimento, garantir a modernização e aumentar a precisão do diagnóstico, bem como das terapias, através do uso de equipamentos de última geração”, explicou Vítor Pereira.

O presidente da Câmara acrescentou que a modernização permitirá dotar a unidade de endoscopia com meios menos invasivos e intrusivos, proporcionando maior conforto aos utentes. “Estamos a falar de uma importante valência da nossa Unidade Local de Saúde que ficará assim mais qualificada e robustecida”, enfatizou o autarca.

Durante a reunião, o vereador da coligação CDS/PSD/IL, Pedro Farromba, questionou sobre os prazos previstos para as obras no Centro de Saúde do Tortosendo e outras intervenções em estruturas de cuidados de saúde. Jorge Vieira, diretor do departamento de Obras e Planeamento do município, informou que as obras nas instalações do Centro de Saúde da Covilhã e suas extensões já estão propostas para contratação.

Esta modernização representa um passo significativo na melhoria dos serviços de saúde na região, garantindo uma infraestrutura de ponta para a ULS da Cova da Beira.

- pub -

Modernização da Unidade de Endoscopia da ULS da Cova da Beira Avança com Apoio dos Municípios

A Unidade de Endoscopia da Unidade Local de Saúde (ULS) da Cova da Beira está prestes a ser modernizada graças a um investimento significativo de 215 mil euros, financiado pelos três municípios da área de intervenção. A Câmara da Covilhã contribui com 99 mil euros, enquanto os restantes fundos são divididos entre os municípios do Fundão e de Belmonte.

Esta iniciativa foi anunciada pelo presidente do município da Covilhã, Vítor Pereira, durante a sessão pública do executivo realizada na quinta-feira, dia 16 de maio. O autarca destacou a importância deste investimento, sublinhando que ele é crucial para apoiar a saúde dos cidadãos e fortalecer uma estrutura vital para a região.

“O projeto vai ser candidatado e, se avançar como esperamos, visa expandir a capacidade de atendimento, garantir a modernização e aumentar a precisão do diagnóstico, bem como das terapias, através do uso de equipamentos de última geração”, explicou Vítor Pereira.

O presidente da Câmara acrescentou que a modernização permitirá dotar a unidade de endoscopia com meios menos invasivos e intrusivos, proporcionando maior conforto aos utentes. “Estamos a falar de uma importante valência da nossa Unidade Local de Saúde que ficará assim mais qualificada e robustecida”, enfatizou o autarca.

Durante a reunião, o vereador da coligação CDS/PSD/IL, Pedro Farromba, questionou sobre os prazos previstos para as obras no Centro de Saúde do Tortosendo e outras intervenções em estruturas de cuidados de saúde. Jorge Vieira, diretor do departamento de Obras e Planeamento do município, informou que as obras nas instalações do Centro de Saúde da Covilhã e suas extensões já estão propostas para contratação.

Esta modernização representa um passo significativo na melhoria dos serviços de saúde na região, garantindo uma infraestrutura de ponta para a ULS da Cova da Beira.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -