Quinta-feira, Julho 18, 2024

Descida das Temperaturas na Próxima Semana, Mas Ainda Acima da Média

O IPMA prevê uma “descida progressiva” das temperaturas máximas.

Após uma onda de calor intensa, espera-se uma “descida progressiva” das temperaturas máximas em Portugal continental para a próxima semana, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). No entanto, as temperaturas continuarão acima da média climatológica para esta época do ano.

Segundo a previsão do IPMA, válida para o período de 3 a 9 de junho, as temperaturas máximas no interior do país poderão alcançar valores em torno dos 30ºC. Estes são considerados “valores usuais no verão e acima da média climatológica”.

“Durante a semana, várias estações no interior, de norte a sul, poderão entrar em onda de calor”, afirmou o IPMA numa atualização partilhada na rede social Facebook.

No interior Norte e Centro, as temperaturas máximas deverão variar entre 23ºC e 34ºC, enquanto no Sul, os valores poderão oscilar entre 27ºC e 36ºC. Na zona litoral oeste, as máximas deverão situar-se entre 22ºC e 32ºC, e na zona litoral sul entre 24ºC e 31ºC.

As temperaturas mínimas no território continental estarão entre 9ºC e 19ºC nas regiões do interior Norte e Centro, e entre 11ºC e 18ºC na região Sul. Nas zonas litorais, os valores oscilarão entre 12ºC e 19ºC.

Em relação ao vento, Portugal continental continuará sob a influência de um vale depressionário que se estende do norte de África até à Península Ibérica. Contudo, o “fluxo de norte que tem influenciado a costa ocidental irá enfraquecer no início da semana”, resultando em ventos menos intensos nas zonas litorais.

Há ainda uma “probabilidade de ocorrência de precipitação no litoral norte” devido a uma “superfície frontal de fraca atividade”. No restante do país, a previsão é de que não haverá precipitação significativa.

Estas previsões sublinham a necessidade de continuar a tomar precauções contra o calor, especialmente nas regiões onde as temperaturas continuarão elevadas.

- pub -

Descida das Temperaturas na Próxima Semana, Mas Ainda Acima da Média

O IPMA prevê uma “descida progressiva” das temperaturas máximas.

Após uma onda de calor intensa, espera-se uma “descida progressiva” das temperaturas máximas em Portugal continental para a próxima semana, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). No entanto, as temperaturas continuarão acima da média climatológica para esta época do ano.

Segundo a previsão do IPMA, válida para o período de 3 a 9 de junho, as temperaturas máximas no interior do país poderão alcançar valores em torno dos 30ºC. Estes são considerados “valores usuais no verão e acima da média climatológica”.

“Durante a semana, várias estações no interior, de norte a sul, poderão entrar em onda de calor”, afirmou o IPMA numa atualização partilhada na rede social Facebook.

No interior Norte e Centro, as temperaturas máximas deverão variar entre 23ºC e 34ºC, enquanto no Sul, os valores poderão oscilar entre 27ºC e 36ºC. Na zona litoral oeste, as máximas deverão situar-se entre 22ºC e 32ºC, e na zona litoral sul entre 24ºC e 31ºC.

As temperaturas mínimas no território continental estarão entre 9ºC e 19ºC nas regiões do interior Norte e Centro, e entre 11ºC e 18ºC na região Sul. Nas zonas litorais, os valores oscilarão entre 12ºC e 19ºC.

Em relação ao vento, Portugal continental continuará sob a influência de um vale depressionário que se estende do norte de África até à Península Ibérica. Contudo, o “fluxo de norte que tem influenciado a costa ocidental irá enfraquecer no início da semana”, resultando em ventos menos intensos nas zonas litorais.

Há ainda uma “probabilidade de ocorrência de precipitação no litoral norte” devido a uma “superfície frontal de fraca atividade”. No restante do país, a previsão é de que não haverá precipitação significativa.

Estas previsões sublinham a necessidade de continuar a tomar precauções contra o calor, especialmente nas regiões onde as temperaturas continuarão elevadas.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -