Quinta-feira, Julho 18, 2024

PJ Realiza Operação de Busca na Área da Saúde em Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) levou a cabo, hoje, uma operação policial na área da saúde, cumprindo 11 mandados de busca como parte de uma investigação em curso sobre crimes de prevaricação, abuso de poderes, tráfico de influência, abuso de poder e burla qualificada.

Esta ação, conduzida pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ, insere-se num inquérito sob a direção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) Regional de Lisboa. As buscas ocorreram na Área Metropolitana de Lisboa, refletindo a abrangência e a gravidade das suspeitas que motivam a investigação.

O objetivo principal da operação foi a recolha de equipamentos de telecomunicações e informáticos, bem como provas documentais e correio eletrónico. Estes elementos serão submetidos a rigorosos exames e perícias, com a finalidade de esclarecer cabalmente os factos sob investigação.

Cerca de 40 inspetores da UNCC participaram na operação, acompanhados por peritos da Unidade de Perícia Tecnológica e Informática da PJ. A operação contou também com a presença de diversos magistrados do Ministério Público e magistrados judiciais, reforçando a importância e a complexidade da investigação em curso.

A PJ reafirma o seu compromisso na luta contra a corrupção e outros crimes conexos, sublinhando que operações desta natureza são essenciais para garantir a transparência e a justiça no setor da saúde, e em todos os setores onde existam suspeitas de atividades ilícitas.

- pub -

PJ Realiza Operação de Busca na Área da Saúde em Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) levou a cabo, hoje, uma operação policial na área da saúde, cumprindo 11 mandados de busca como parte de uma investigação em curso sobre crimes de prevaricação, abuso de poderes, tráfico de influência, abuso de poder e burla qualificada.

Esta ação, conduzida pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ, insere-se num inquérito sob a direção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) Regional de Lisboa. As buscas ocorreram na Área Metropolitana de Lisboa, refletindo a abrangência e a gravidade das suspeitas que motivam a investigação.

O objetivo principal da operação foi a recolha de equipamentos de telecomunicações e informáticos, bem como provas documentais e correio eletrónico. Estes elementos serão submetidos a rigorosos exames e perícias, com a finalidade de esclarecer cabalmente os factos sob investigação.

Cerca de 40 inspetores da UNCC participaram na operação, acompanhados por peritos da Unidade de Perícia Tecnológica e Informática da PJ. A operação contou também com a presença de diversos magistrados do Ministério Público e magistrados judiciais, reforçando a importância e a complexidade da investigação em curso.

A PJ reafirma o seu compromisso na luta contra a corrupção e outros crimes conexos, sublinhando que operações desta natureza são essenciais para garantir a transparência e a justiça no setor da saúde, e em todos os setores onde existam suspeitas de atividades ilícitas.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -