Quinta-feira, Julho 18, 2024

Contas Consolidadas do IPCB Aprovadas por Unanimidade com Voto de Louvor

O Conselho Geral do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) aprovou por unanimidade as Contas Consolidadas de 2023 numa reunião ocorrida a 13 de junho. As contas refletem uma receita líquida de 30.680.567,30 euros, incluindo um saldo transitado de 3.152.697,01 euros, e despesas totalizando 27.059.228,64 euros, resultando num saldo positivo de 3.621.338,66 euros para o ano.

Paralelamente, foi aprovado o relatório de atividades de 2023, destacando-se a elevada concretização dos objetivos institucionais. Notáveis foram os índices de satisfação, com 92% dos estudantes aprovando os Serviços Académicos e avaliações positivas também dos Serviços de Ação Social. A comunidade académica mostrou-se igualmente satisfeita com a liderança, a imagem e desempenho global da instituição, além do impacto social do IPCB e das perspectivas futuras.

Durante a mesma reunião, foram abertas oportunidades para promoção interna e contratação de novos professores adjuntos e pessoal técnico e operacional. José Augusto Alves, Presidente do Conselho Geral, propôs um voto de louvor à comunidade académica, que foi unanimemente aceito.

O Presidente do IPCB, António Fernandes, sublinhou o desempenho excepcional e a transformação da instituição, notando novas ofertas formativas, pós-graduações, microcredenciações e melhorias nas infraestruturas. Fernandes também apresentou várias candidaturas aprovadas no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência, destacando projetos como o impulso para competências digitais, o centro de excelência para inovação pedagógica, e modernizações nas áreas de ciências agrárias e medicina, com mais de 2 milhões de euros já em execução.

- pub -

Contas Consolidadas do IPCB Aprovadas por Unanimidade com Voto de Louvor

O Conselho Geral do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) aprovou por unanimidade as Contas Consolidadas de 2023 numa reunião ocorrida a 13 de junho. As contas refletem uma receita líquida de 30.680.567,30 euros, incluindo um saldo transitado de 3.152.697,01 euros, e despesas totalizando 27.059.228,64 euros, resultando num saldo positivo de 3.621.338,66 euros para o ano.

Paralelamente, foi aprovado o relatório de atividades de 2023, destacando-se a elevada concretização dos objetivos institucionais. Notáveis foram os índices de satisfação, com 92% dos estudantes aprovando os Serviços Académicos e avaliações positivas também dos Serviços de Ação Social. A comunidade académica mostrou-se igualmente satisfeita com a liderança, a imagem e desempenho global da instituição, além do impacto social do IPCB e das perspectivas futuras.

Durante a mesma reunião, foram abertas oportunidades para promoção interna e contratação de novos professores adjuntos e pessoal técnico e operacional. José Augusto Alves, Presidente do Conselho Geral, propôs um voto de louvor à comunidade académica, que foi unanimemente aceito.

O Presidente do IPCB, António Fernandes, sublinhou o desempenho excepcional e a transformação da instituição, notando novas ofertas formativas, pós-graduações, microcredenciações e melhorias nas infraestruturas. Fernandes também apresentou várias candidaturas aprovadas no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência, destacando projetos como o impulso para competências digitais, o centro de excelência para inovação pedagógica, e modernizações nas áreas de ciências agrárias e medicina, com mais de 2 milhões de euros já em execução.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -