Quinta-feira, Julho 18, 2024

Eleições no PS Belmonte com lista de consenso

Na sequência do que o Correio de Caria tem vindo a noticiar, as eleições de amanhã do Partido Socialista, onde se desenhavam duas listas para a concelhia de Belmonte, encabeçadas por Paulo Borralhinho e Paulo Monteiro, respetivamente, tomaram um rumo inesperado. Houve reuniões promovidas pelo atual presidente da concelhia, Dias Rocha, e pelo presidente da Federação Socialista, Vítor Pereira, no sentido de estabelecer consensos para a apresentação de uma lista única e “o mais consensual da unidade do partido”.

A escolha para encabeçar essa lista de consenso à Presidência da concelhia de Belmonte recaiu na advogada Sofia Fernandes de Carvalheiro. Sofia, ex-vereadora na Câmara Municipal e militante do PS, já teve outras representações de Belmonte nas listas do PS, sendo uma figura respeitada e bem vista dentro do partido.

A escolha de Sofia Fernandes terá sido uma opção de recurso, no sentido de se estabelecer consenso numa disputa que se previa muito renhida entre os dois “Paulos”, ambos seguidores de António Rocha nos últimos mandatos. Não se sabe se estaremos até perante uma nova opção para ser apontada como candidata ao Município de Belmonte em 2025.

O esforço de consensos tem sido uma prioridade para o presidente da Federação de Castelo Branco, Vítor Pereira, que conseguiu que às eleições de dia 5 de julho se apresentem listas únicas na maioria dos concelhos. Em Penamacor, a lista é liderada por António Beites; na Covilhã, encabeçada pelo professor José Dias Rosa; no Fundão, pelo atual presidente da CPC, Carlos Morgadinho; e em Belmonte, pela jovem e prestigiada advogada, descendente de Malpique, Sofia Fernandes.

Este movimento de unidade dentro do PS poderá ser um indicador de uma estratégia mais coesa para as próximas eleições autárquicas, procurando evitar divisões internas e fortalecer a posição do partido nos diversos concelhos.

- pub -

Eleições no PS Belmonte com lista de consenso

Na sequência do que o Correio de Caria tem vindo a noticiar, as eleições de amanhã do Partido Socialista, onde se desenhavam duas listas para a concelhia de Belmonte, encabeçadas por Paulo Borralhinho e Paulo Monteiro, respetivamente, tomaram um rumo inesperado. Houve reuniões promovidas pelo atual presidente da concelhia, Dias Rocha, e pelo presidente da Federação Socialista, Vítor Pereira, no sentido de estabelecer consensos para a apresentação de uma lista única e “o mais consensual da unidade do partido”.

A escolha para encabeçar essa lista de consenso à Presidência da concelhia de Belmonte recaiu na advogada Sofia Fernandes de Carvalheiro. Sofia, ex-vereadora na Câmara Municipal e militante do PS, já teve outras representações de Belmonte nas listas do PS, sendo uma figura respeitada e bem vista dentro do partido.

A escolha de Sofia Fernandes terá sido uma opção de recurso, no sentido de se estabelecer consenso numa disputa que se previa muito renhida entre os dois “Paulos”, ambos seguidores de António Rocha nos últimos mandatos. Não se sabe se estaremos até perante uma nova opção para ser apontada como candidata ao Município de Belmonte em 2025.

O esforço de consensos tem sido uma prioridade para o presidente da Federação de Castelo Branco, Vítor Pereira, que conseguiu que às eleições de dia 5 de julho se apresentem listas únicas na maioria dos concelhos. Em Penamacor, a lista é liderada por António Beites; na Covilhã, encabeçada pelo professor José Dias Rosa; no Fundão, pelo atual presidente da CPC, Carlos Morgadinho; e em Belmonte, pela jovem e prestigiada advogada, descendente de Malpique, Sofia Fernandes.

Este movimento de unidade dentro do PS poderá ser um indicador de uma estratégia mais coesa para as próximas eleições autárquicas, procurando evitar divisões internas e fortalecer a posição do partido nos diversos concelhos.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -