Quinta-feira, Julho 18, 2024

Belmonte lançou o cartaz oficial da Belmonte Medieval 2024

Belmonte lançou o cartaz oficial da Belmonte Medieval 2024 na Zona Histórica de Belmonte (Largo dos antigos Paços do Concelho – Pelourinho). A organização propõe contar a história de 4 mulheres fortes dos tempos antigos da vila.
A apresentação, presidida pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Belmonte, Paulo Borralhinho, iniciou de forma a desvendar o segredo das caras escolhidas para o cartaz deste ano e também a história que, à semelhança dos anos anteriores, será contada durante os três dias de folia (9, 10 e 11 de agosto).


Paulo Borralhinho começou por referir na sua intervenção a importância cultural e do impacto social e económico da Feira Medieval na vila, fato que viria a ser também reforçado pelo Sr. Presidente da Empresa Municipal de Belmonte, Joaquim Costa, que acrescentou ainda que o evento representa claramente uma mais-valia no desenvolvimento turístico do concelho.

O Vice-Presidente congratulou-se pela elevada participação da população de Belmonte no casting para escolher as caras do cartaz deste ano que, com 51 inscritos, bateu o recorde de participantes (tendo em conta as anteriores sete edições do casting), e que isso representa um sinal do potencial deste evento e que ainda tem espaço para crescer, aproveitando também para referir que o município este ano apostará mais em animação e momentos culturais, depois de na edição passada ter havido alguma contenção nesse capítulo.

Maria João Martinho, Inês Reis, Joana Lourenço e Renata Franco foram as candidatas selecionadas para encarnar as personagens D. Constança Eanes de Loureiro (1375-1430), D. Teresa de Andrade (1395 – 1445), D. Isabel de Gouveia (1433-1483) e D. Joana Coutinho (cerca de 1460-depois de 1516), respetivamente. A história, que será desvendada nas redes sociais até ao primeiro dia da feira, é uma continuação do cartaz de 2018, que apresentou na altura os quatro alcaides de Belmonte, e que agora contará a história das suas esposas e da sua influência no povoado da altura.
Paulo Borralhinho referiu ainda que este ano o espaço da feira será vedado e que, à semelhança do ano anterior, o acesso ao recinto terá um custo de 5€ para os três dias e 2€ por cada dia de feira.

Joaquim Costa fechou a apresentação, referindo que a 3 de julho, data desta apresentação, a Empresa Municipal de Belmonte contava já com 75 inscrições e que contava atingir os mesmos números dos anos anteriores que, normalmente, se situa entre os 100 e os 120 expositores.
Todos os preparativos arrancam agora de forma a receber os milhares de visitantes que todos os anos acorrem a este evento que é já uma referência a nível nacional e que é uma das mais antigas feiras medievais do país.
Entre 09 e 11 de agosto, na zona histórica de Belmonte, a lenda renasce.

- pub -

Belmonte lançou o cartaz oficial da Belmonte Medieval 2024

Belmonte lançou o cartaz oficial da Belmonte Medieval 2024 na Zona Histórica de Belmonte (Largo dos antigos Paços do Concelho – Pelourinho). A organização propõe contar a história de 4 mulheres fortes dos tempos antigos da vila.
A apresentação, presidida pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Belmonte, Paulo Borralhinho, iniciou de forma a desvendar o segredo das caras escolhidas para o cartaz deste ano e também a história que, à semelhança dos anos anteriores, será contada durante os três dias de folia (9, 10 e 11 de agosto).


Paulo Borralhinho começou por referir na sua intervenção a importância cultural e do impacto social e económico da Feira Medieval na vila, fato que viria a ser também reforçado pelo Sr. Presidente da Empresa Municipal de Belmonte, Joaquim Costa, que acrescentou ainda que o evento representa claramente uma mais-valia no desenvolvimento turístico do concelho.

O Vice-Presidente congratulou-se pela elevada participação da população de Belmonte no casting para escolher as caras do cartaz deste ano que, com 51 inscritos, bateu o recorde de participantes (tendo em conta as anteriores sete edições do casting), e que isso representa um sinal do potencial deste evento e que ainda tem espaço para crescer, aproveitando também para referir que o município este ano apostará mais em animação e momentos culturais, depois de na edição passada ter havido alguma contenção nesse capítulo.

Maria João Martinho, Inês Reis, Joana Lourenço e Renata Franco foram as candidatas selecionadas para encarnar as personagens D. Constança Eanes de Loureiro (1375-1430), D. Teresa de Andrade (1395 – 1445), D. Isabel de Gouveia (1433-1483) e D. Joana Coutinho (cerca de 1460-depois de 1516), respetivamente. A história, que será desvendada nas redes sociais até ao primeiro dia da feira, é uma continuação do cartaz de 2018, que apresentou na altura os quatro alcaides de Belmonte, e que agora contará a história das suas esposas e da sua influência no povoado da altura.
Paulo Borralhinho referiu ainda que este ano o espaço da feira será vedado e que, à semelhança do ano anterior, o acesso ao recinto terá um custo de 5€ para os três dias e 2€ por cada dia de feira.

Joaquim Costa fechou a apresentação, referindo que a 3 de julho, data desta apresentação, a Empresa Municipal de Belmonte contava já com 75 inscrições e que contava atingir os mesmos números dos anos anteriores que, normalmente, se situa entre os 100 e os 120 expositores.
Todos os preparativos arrancam agora de forma a receber os milhares de visitantes que todos os anos acorrem a este evento que é já uma referência a nível nacional e que é uma das mais antigas feiras medievais do país.
Entre 09 e 11 de agosto, na zona histórica de Belmonte, a lenda renasce.

- pub -

MAIS PARA SI

- pub -